6 dicas para negociar com fornecedores e se dar bem

  • Post Category:Vendas
6 dicas para negociar com fornecedores e se dar bem

Obter produtos com bons preços é fundamental para que uma MPE se mantenha competitiva no mercado. Sem isso, todas as aquisições podem gerar custos extras ou enfrentar dificuldades para serem escoadas, gerando prejuízo para o negócio.

Dessa forma, boas compras passam necessariamente pelo processo de negociação com fornecedores. Por isso, listamos, neste post, algumas dicas e estratégias que vão facilitar sua relação com esses profissionais, permitindo aproveitar os melhores preços e condições. Confira!

1. Conheça os preços e a situação do mercado antes da negociação com fornecedores

Para entrar em uma negociação e não passar por apuros, é preciso ter argumentos sobre aquilo que está sendo negociado. No caso da busca do melhor preço com um fornecedor, logo de cara é necessário conhecer como anda a situação do mercado, quais são os principais concorrentes do setor e qual o patamar de preços por que o produto desejado costuma ser vendido em condições normais.

Com essa visão ampla sobre como andam os preços e a concorrência, fica mais simples alcançar um preço justo, que possibilite margens de lucro compatíveis com a realidade.

2. Saiba qual é a sua demanda

Uma negociação bem-sucedida envolve também conhecer em detalhes qual é a sua demanda para cada produto. Além de transmitir mais confiança ao fornecedor, saber qual a quantidade e o prazo de entrega das mercadorias facilita o processo de negociação, já que evita pedidos com quantias exorbitantes ou em prazos apertados.

Internamente, conhecer a demanda reduz custos: ao não comprar algo na quantidade errada, caem os gastos com armazenamento, estoques encalhados ou mesmo perdas de venda por não contar com o produto quando solicitado.

3. Pesquisa sobre o produto

Junto ao conhecimento sobre o mercado, os preços e a sua demanda, não se esqueça também de estudar sobre o produto antes de iniciar uma negociação. O conhecimento adequado sobre a mercadoria evita a aquisição de itens de qualidade inferior por um preço maior ou de produtos que não atendam à expectativa da sua empresa.

4. Tente estabelecer uma relação na qual ambos ganhem

Podemos chamar esse tipo de relação de “ganha-ganha”. Ela faz com que ambas as partes envolvidas saiam da negociação levando alguma vantagem concreta, pelo menos aparente. Demonstre para o fornecedor, por exemplo, como é importante o produto dele estar disponível no seu varejo.

5. Tenha alternativas

Nem sempre a negociação seguirá pelos caminhos desejados por você. Com isso, é sempre recomendável incluir no planejamento um plano B, para não ficar na mão do primeiro fornecedor. Inclusive, quanto mais alternativas estiverem disponíveis, maior será o poder de barganha.

6. Defina limites

Todas as dicas até aqui devem ser acompanhadas da noção de qual é o limite da empresa, principalmente do ponto de vista financeiro, já que muitas vezes o preço esperado ou a condição de pagamento desejada não será alcançada.

Portanto, tenha sempre em mente, antes mesmo de sentar para negociar, em quais pontos é possível ceder sem que haja um comprometimento do caixa do negócio.

A habilidade para efetuar uma boa negociação com fornecedores é desenvolvida com o tempo, mas, começando com essas dicas, fica mais simples conseguir fazer boas compras e, assim, incrementar os resultados da sua empresa.

Siga a Tiquei nas redes sociais! Estamos no Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram e YouTube!

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: