Como contratar funcionário para o seu negócio? 03 dicas para acertar

Como contratar funcionário para o seu negócio? 03 dicas para acertar

As fases de recrutamento e seleção são etapas de suma importância para a montagem de um time eficiente e engajado com os resultados da corporação. Assim, é válido analisar minunciosamente os critérios usados para isso.

Ademais, esse processo diz muito sobre o desempenho da empresa no mercado, afinal, o trabalho está nas mãos das pessoas que foram contratadas. Notou o quão importante é essa etapa?

Pensando em facilitar para você, preparamos algumas dicas sobre como contratar funcionário de forma eficiente e sem dor de cabeça. Continue a leitura e descubra!

Faça um recrutamento estratégico

Isso tange ao processo de seleção, pois é por meio dele que o empreendedor terá, em primeira mão, o perfil do colaborador.

Logo, é necessário que haja diferentes meios de recrutamento, como: entrevistas, testes escritos, dinâmicas em grupo e diversas outras formas. Para escolher a forma ideal, é preciso analisar se o método escolhido está de acordo com o objetivo de contratação.

Por exemplo, por meio de testes escritos, você vai conseguir escolher um bom programador para a sua corporação? Não seria melhor optar pela avaliação prática já que ela testa os conhecimentos desse profissional e como ele os usa?

Por isso, pense minunciosamente antes de escolher o método usado no recrutamento!

Alinhe o fit cultural da empresa

A fase de recrutamento e seleção dos colaboradores é iniciada muito antes de chegar o primeiro currículo. Quando você estabelece o perfil da empresa e qual o perfil que ela deseja contratar, fica muito mais fácil alinhar os dois.

É muito importante também estabelecer as habilidades, como as técnicas e as relações interpessoais, necessárias para o colaborador conseguir a sua vaga. Outro ponto importante também é deixar claro quais funções o colaborador deverá executar no seu dia a dia na empresa.

Estude pessoas e relações interpessoais

Além do profissional ser dotado de técnicas específicas, é preciso também que o recrutador saiba avaliar as competências interpessoais dos candidatos.

Sabemos que não é uma tarefa muito fácil, uma vez que é uma etapa mais subjetiva e as tendências do mercado tem moldado bastante a personalidade das pessoas. Porém, há algumas ferramentas que podem ajudar muito o time dos Recursos Humanos a conhecer melhor a personalidade de cada um dos colaboradores.

As dinâmicas de grupo, por exemplo, podem ser uma boa opção, uma vez que permitem a avaliação da interação dos candidatos com outras pessoas ali presentes. Além do mais, fazendo isso o empreendedor terá uma noção de como eles se comportariam diante de uma situação similar ao cotidiano da empresa.

Outro método muito viável também são os testes comportamentais. Nesse caso, há uso de metodologias baseadas na psicologia, permitindo assim, que o avaliador consiga entender sobre alguns pontos comportamentais do candidato por meio da resposta dada por ele sobre uma determinada pergunta.

Portanto, é válido destacar que quem realiza o recrutamento deve entender bastante de pessoas, pois ao analisar questões de personalidade, temperamento, competências sociais, ele deve aplicar o conhecimento obtido dentro do processo de seleção.

Além do mais, fazendo isso de forma eficiente e correta, o recrutador conseguirá montar uma equipe estratégica, sabendo quem vai vender mais, quem vai desenvolver mais em um determinado setor e assim por diante! Além de conseguir montar um planejamento de vendas ideal.

Gostou do nosso post? Agora que você sabe como contratar funcionário siga-nos nas nossas redes sociais e fique ainda mais por dentro desse e outros assuntos relevantes.

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: