Descubra como diminuir inadimplência seu estabelecimento

Descubra como diminuir inadimplência seu estabelecimento

Em abril de 2019, quase 63% das famílias brasileiras tinham dívidas em aberto, sendo que aproximadamente 24% delas não conseguiam manter esses débitos em dia, de acordo com dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Ou seja, elas estavam inadimplentes.

Reflexo do momento da economia brasileira, esses números impactam as contas das empresas, que perdem recursos a partir desses valores não são pagos. Por isso, é importante saber como diminuir a inadimplência para que seu negócio não sofra grandes prejuízos. Confira as dicas e boa leitura!

Faça lembretes pré-vencimento

Esses avisos enviados dias antes do vencimento não precisam ser considerados necessariamente como cobranças, mas são importantes para prevenir atrasos por esquecimento ou mesmo pelo não recebimento dos boletos, o que são causas bem comuns para que um cliente deixe de honrar seu compromisso.

Esse lembrete pode ser feito por mensagens de texto ou mesmo por uma ligação. O conteúdo da comunicação deve ser reservado para perguntar se o boleto de cobrança foi recebido, lembrar sua data de vencimento e se há alguma dúvida sobre o valor da fatura. Para que essa estratégia seja rentável, análise o custo desse serviço e veja a necessidade de ampliá-lo para toda a base de clientes.

Mantenha um cadastro de clientes

Um cadastro atualizado é fundamental para ter informações confiáveis sobre cada cliente no momento de concretizar uma venda. Com isso, as chances de vender para alguém com alta probabilidade de não realizar o pagamento na data combinada diminui bastante.

Para que esse cadastro funcione, é importante que ele disponibilize informações as mais completas possíveis, incluindo meios de contato, endereço e o histórico de pagamentos anteriores. Tal cuidado ajuda a manter um relacionamento transparente entre as partes, garantindo bons negócios. Os serviços de proteção ao crédito, como o SPC e o SERASA, também ajudam nesse processo.

Estabeleça uma régua de cobrança

A régua de cobrança é um dos instrumentos indispensáveis para quem quer controlar a inadimplência. Ela estabelece as políticas de cobrança e quais atitudes serão tomadas diante dos pagamentos não efetuados na data prevista. Para tal, podem ser considerados tanto o valor da dívida quanto o tamanho do atraso.

Uma boa régua de cobrança prevê em detalhes quais mensagens serão enviadas de acordo com o número de dias em que o débito está em aberto, informa o que o cliente deve fazer para solucionar a questão e diz quais as consequências da manutenção dessa situação.

Esteja aberto a negociações

Além de fazer a cobrança de forma correta, sempre respeitando o que diz a legislação, é sempre importante manter aberta a possibilidade de negociações. Muitas vezes a razão do atraso são motivos alheios à vontade do cliente, que realmente o deixam incapacitado de honrar suas dívidas.

Essa negociação também deve ter regras estabelecidas, buscando entender os motivos do atraso e quais são as possibilidades de pagamento do cliente. Oferecer descontos em multas e juros costuma ser uma alternativa para recuperar pelo menos parte do crédito.

Para complementar essas dicas de como diminuir inadimplência no seu negócio, adote métodos rígidos de controle de recebimentos, saídas e vendas, entre outros processos essenciais para o bom andamento das atividades do empreendimento, contribuindo para o seu sucesso.

Curtiu as nossas dicas para evitar inadimplência? Como você viu, para colocá-las em prática, o uso de tecnologia se mostra de grande valia. Continue aqui no blog e veja como a tecnologia auxilia no controle de recebimentos!

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: