4 dicas para conferir o dinheiro do caixa corretamente!

4 dicas para conferir o dinheiro do caixa corretamente!

Quem trabalha como lojista entende a importância de manter um controle do dinheiro do caixa. Existem muitas maneiras de fazer isso, mas a mais comum é o fechamento de caixa, que acontece diariamente. Esse um processo importante, pois garante que o empreendedor consiga conferir o quanto de entradas e saídas obteve no dia, obtendo informações necessárias para fazer os planejamentos mensais do seu negócio. 

Mas qual é a melhor maneira para isso? Neste texto, vamos explicar para você como realizar o fechamento da forma correta. Entenda!

4 maneiras de conferir o dinheiro do caixa corretamente

O fechamento do caixa tem relação direta com o fluxo de caixa. Ambas atividades são ferramentas para gerenciar melhor o dinheiro e, dessa forma, evitar que as entradas sejam insuficientes para as saídas. Vamos ver, a seguir, como fazer esses processos da maneira certa. Continue!

Tenha periodicidade e saiba qual foi o saldo inicial

Sempre que a loja abre, existe uma quantia inicial que fica disponível no caixa. Esse valor deve ser anotado, pois será o ponto de partida para fazer corretamente o controle das finanças. Também é interessante utilizá-lo como base para as despesas do dia, caso tenha alguma.

Outra tarefa importante é definir a periodicidade para o fechamento do caixa. É comum que ele aconteça todos os dias, sempre no fim do expediente. 

Registre as movimentações

No momento em que estiver fazendo o seu fechamento de caixa, é importante registrar tudo o que foi gasto e o que foi recebido — também usando como base o saldo inicial. Durante o processo, coloque todas as informações das movimentações, como se foram feitas em dinheiro, cartão ou cheque.

Não existe uma ferramenta padrão para fazer esse registro, então você pode usar papel, uma planilha ou o a ferramenta que tiver mais familiaridade para usar. 

Confira os valores

Depois de anotar todas as entradas e saídas, confira se os valores estão batendo. O objetivo aqui é confirmar se as despesas e as receitas estão de acordo com o que foi anotado. Essa é uma ótima forma de evitar erros de cálculo ou enganos, como não saber a fonte de determinado valor. 

Invista em um bom software

Falamos, anteriormente, que você pode utilizar a ferramenta que quiser para fazer as suas anotações. E isso é, de fato, verdade. No entanto, hoje em dia existem diversos sistemas que ajudam a otimizar e melhorar o fluxo de caixa. Eles não só capazes apenas de registrar informações com maior rapidez, mas também fazem cálculos automaticamente, o que facilita muito o trabalho da gestão. 

Um bom exemplo é o próprio app do Tiquei, que pode ser instalado no celular e traz diversas vantagens para os usuários. Entre elas, podemos destacar a vinculação com operadoras de cartão de crédito. Assim, tudo o que você recebe, incluindo as taxas, pode ser visualizado de forma prática. Ainda por cima, é possível fazer relatórios sobre as movimentações e exportar todos os dados para uma planilha. 

Ao longo deste texto, falamos sobre a importância de gerenciar o dinheiro do caixa. Para isso, é fundamental realizar o fechamento periódico, controlando as entradas e saídas. Isso pode ser feito por meio de diferentes ferramentas, como uma planilha ou softwares específicos. 

Se você está precisando de um aplicativo para gerenciar o seu caixa, que tal dar uma olhada no app do Tiquei? Acesse aqui e conheça!

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: