Você sabe o que é PIX? Conheça a inovação bancária!

Você sabe o que é PIX? Conheça a inovação bancária!

O brasileiro está mudando bastante a forma como se relaciona com o dinheiro e isso está prestes a passar por uma mudança ainda maior com a criação do PIX, um novo sistema de pagamentos e transferências criado pelo Banco Central.

O objetivo dessa inovação é tornar os processos de transferências de valores mais rápidos e, principalmente, baratos e seguros, proporcionando mais opções de pagamento para que as empresas possam vender mais e facilitar o dia a dia do consumidor.

Neste artigo, mostraremos tudo o que você precisa saber sobre o PIX, como ele funcionará e a sua implementação no mercado brasileiro. Acompanhe!

Como o PIX funciona?

O PIX é uma forma de pagamento ou de transferência bancária que permitirá ao usuário de um banco transmitir valores para outras instituições de forma instantânea e sem cobranças de taxas.

Além desse diferencial, o PIX se destaca pela possibilidade de realizar transações em qualquer momento do dia, sem limitações de horários, dias da semana ou limites de movimentação.

O PIX vai substituir o DOC e o TED bancário?

O PIX será apenas mais uma alternativa de pagamentos e transferências. TED e DOC não vão deixar de existir, principalmente, pelo fato de existir um tempo até as pessoas passarem a utilizar o PIX com mais frequência.

Entretanto, é natural que esses métodos de transferências e outros mais relacionados ao pagamento, como cartões de débito e o boleto bancário acabem em desuso a partir do momento em que o PIX passar a fazer parte do hábito dos brasileiros.

Essa alternativa é segura?

A segurança do método é algo que pode ser questionada por algumas pessoas, afinal, é um procedimento muito novo e que pode gerar dúvidas. Entretanto, é importante que fique bem claro que o criador desse sistema é o Banco Central do Brasil e todas as medidas de segurança que já existem em outras modalidades estão sendo adotadas para o PIX.

Obviamente, existem pessoas que já estão utilizando a novidade para fraudar os que não têm conhecimento sobre o assunto. Nesse aspecto, é importante que você centralize toda a coleta de dados e informações na sua agência bancária por meio do aplicativo ou caixa eletrônico.

Evite cadastrar a chave PIX por telefone, e-mail ou qualquer outro meio que não seja diretamente relacionado com o banco.

Quais são as vantagens para o comerciante?

O PIX surgirá como uma opção de pagamento para o comerciante, podendo receber pelas suas vendas instantaneamente. Cartões de crédito e débito, boletos bancários e, até mesmo, as transferências podem demorar alguns dias para serem concretizadas.

Além disso, também existe a questão das taxas que, no PIX, não serão cobradas ou, se existirem, devem ser pequenos percentuais que não romperá a barreira dos centavos.

Para começar a utilizar o PIX o empresário deve ter um pouco de paciência, pois o sistema iniciará somente a partir do dia 16 de novembro de 2020. Entretanto, já é possível cadastrar a Chave PIX, que servirá como uma forma de identificação do usuário do sistema. Essa chave pode ser composta pelos seguintes dados:

  • CPF ou CNPJ;
  • número de telefone;
  • endereço de e-mail, ou;
  • chave aleatória criada pelo empresário.

Como você pode perceber o PIX veio para revolucionar ainda mais o sistema bancário e proporcionar vantagens consideráveis para os usuários, reduzindo o custo com taxas de transferências e demais recebimentos e tornando todo o processo mais ágil.

Se você gostou dessas informações aproveite para compartilhar este artigo em suas redes sociais para que mais pessoas conheçam esse inovador sistema.

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: