Saiba quais são as taxas cobradas pelas operadoras de cartão

  • Post category:Vendas
Saiba quais são as taxas cobradas pelas operadoras de cartão

As taxas cobradas pelas operadoras de cartão de crédito podem variar entre as empresas ou de acordo com o ramo de atividade. Essas taxas influenciam diretamente o valor final do produto, pois o procedimento com cartão de crédito adiciona um vencimento de custo para as operadoras de cartão. Por essa razão, é essencial escolher a máquina que apresenta as melhores vantagens para o seu comércio.

As taxas nas vendas estão relacionadas ao montante das taxas e dos juros arrecadados pelas operadoras de cartão de crédito. Ou seja, é importante considerar que tarifas elevadas minoram o lucro do vendedor, já que a maior quantia é dirigida à operadora do cartão de crédito.

Por isso, o efeito direto na vida do cliente se deve à necessidade de acrescer o preço do produto para manter os níveis de lucratividade da empresa.

Por outro lado, considerar o custo da tarifa não deve ser o único ponto, já que é importante avaliar quais os benefícios de cada operadora. Uma operadora que oferece benefícios mais destacáveis pode compensar uma taxa mais elevada.

Sabendo da importância desse tema, preparamos este post com informações sobre as taxas cobradas pelas operadoras de cartão, bem como os impactos dessas taxas nas vendas. Boa leitura!

Conheça as taxas das operadoras

 É indispensável eleger acertadamente a operadora de cartão de crédito, uma vez que as vendas com cartão são responsáveis por grande parte do faturamento de uma empresa. Além disso, é fundamental avaliar o suporte prestado, assim como a reputação da operadora. Dessa maneira, esse parecer passa por uma escolha da maquininha que será utilizada.

A maioria das máquinas de cartão são vendidas por operadoras de cartão. Elas oferecem conexão por wi-fi ou chip, e não têm aluguel ou mensalidades.

A taxa no crédito varia de 3,19% a 3,59%, de acordo com a bandeira e não há cobrança de taxas de adesão. A taxa no débito é de 2,39% e a de parcelamento varia de 2,89 a 3,79%, dependendo da bandeira.

Sua aquisição custa em torno de R$ 598,80 para o modelo Wi-fi e R$ 838,80 para o modelo PRO.

Outras máquinas se conectam por rede de celular, banda larga ou discada. A taxa de inscrição custa, em média, R$ 69,00 e há mensalidade, que varia entre R$ 29,90 e R$ 139,90, dependendo da transação.

Além disso, existem máquinas consideradas como líderes e mais consolidadas operadoras do mercado, têm taxa de inscrição fixa de 79,90 única, para todas as máquinas e uma mensalidade que varia de R$ 109,90 a R$ 159,00 dependendo do tipo da máquina. Sua conexão é possível por rede de celular, banda larga ou rede discada e ainda oferece o benefício de permitir recargas de celular como serviço adicional.

A taxa é de 2,50% para vendas no crédito à vista, de 3,25%, de 1 a 3 vezes e 4%, de 7 a 12 vezes no parcelamento. No débito a taxa é de 2,00%.

Após ler o artigo, você deve ter entendido a importância de comparar as taxas na hora de escolher a melhor operadora. Logo, fazer algumas contas e a negociar taxas pode ser uma boa opção, já que o ideal é encontrar uma proposta em que as duas partes se sintam satisfeitas.

Gostou de saber mais sobre as taxas cobradas pelas operadoras de cartão de crédito? Quer aprender ainda mais sobre precificação de serviços? Então siga as nossas redes sociais para acompanhar as atualizações. Estamos no Facebook e no Instagram!

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: