Como saber se um aplicativo é seguro: 5 dicas para se proteger

  • Post Category:Vendas
Como saber se um aplicativo é seguro: 5 dicas para se proteger

Como bom administrador, você já deve estar ciente da importância da segurança das informações nas empresas. Brechas nesse setor podem gerar consequências desagradáveis, como o vazamento de dados sensíveis do seu negócio.

Esse cuidado com a segurança digital passa pela utilização de aplicativos confiáveis, uma que vez esses programas se tornaram muito populares graças à disseminação dos smartphones.

Sem essa preocupação, os apps se transformam em um veículo perfeito para a infiltração de arquivos maliciosos nos sistemas da sua empresa. Por isso, veja como saber se um aplicativo é seguro por meio destas dicas práticas. Boa leitura!

1. Evite lojas de aplicativos de terceiros

Os sistemas operacionais para smartphones mais utilizados do mercado, Android e iOS, contam com suas lojas de aplicativos oficiais, nas quais é possível baixar aplicações pagas e gratuitas. Todavia, alguns modelos, principalmente aqueles que rodam Android, dão ao usuário a possibilidade de baixar aplicativos de fontes externas.

Isso deve ser sempre evitado. Os aplicativos disponibilizados fora dessas lojas não têm nenhum controle e podem estar contaminados com vírus que comprometerão seu aparelho e a segurança dos seus dados.

2. Fique atento às permissões

Todo aplicativo solicita permissões para acessar determinadas informações ou dispositivos do seu aparelho, algo informado no momento em que o download é feito. Essas permissões devem ser analisadas, e qualquer uma que seja suspeita deve disparar um sinal de alerta sobre a segurança desse aplicativo.

O mesmo vale para aqueles que solicitam permissões aparentemente excessivas. É normal que um app de rede social solicite acesso à sua câmera, mas verifique a possibilidade de utilizá-lo sem conceder todas as permissões necessárias.

3. Confira as avaliações do aplicativo

As lojas oficiais de aplicativos disponibilizam espaços para que os usuários avaliem os programas, dando notas, deixando seus comentários sobre a experiência de utilização ou apontando eventuais problemas apresentados pela aplicação.

Dessa forma, evite aplicativos com notas baixas, com relatos de comportamentos maliciosos ou que apresentem falhas aparentemente constantes e que não são solucionadas. Com isso, a chance de instalar uma aplicação que não seja segura cai bastante.

4. Veja quem é o desenvolvedor

Da mesma forma que downloads fora das lojas oficias devem ser evitados, a recomendação é não baixar nenhum aplicativo cuja identidade do fornecedor não seja clara o suficiente.

Nas lojas de aplicativos, essa informação está disponível sempre de forma bastante visível. Com o nome do desenvolvedor em mãos, pesquise por sua reputação na internet, visite o site oficial e veja se há outras aplicações desenvolvidas pela mesma empresa.

Empresas confiáveis, além de serem encontradas facilmente na internet, disponibilizam de forma clara informações sobre sua política de segurança, lista de perguntas frequentes (também chamada de FAQ) e contato para suporte, caso haja alguma outra dúvida.

5. Verifique sempre as atualizações

Atualizações são importantes. Veja qual a data do lançamento da última versão do app a ser instalado e fique atento àqueles que estão sem novas versões há muito tempo. Além de trazerem novas funcionalidades, as atualizações corrigem falhas que colocam em risco a segurança do usuário.

Agora que você viu como saber se um aplicativo é seguro, fica mais simples fugir dos riscos dos softwares maliciosos e aproveitar as comodidades desses programas que podem ser ótimos aliados na gestão de diversos aspectos de um negócio.

Quer mais dicas sobre como reforçar a segurança digital da sua empresa ou como utilizar a tecnologia para administrá-la de forma mais eficiente? Assine a nossa newsletter agora mesmo.

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: