Ferramentas para gestão de estoque: 3 ideias para agilizar a rotina

  • Dicas
Ferramentas para gestão de estoque: 3 ideias para agilizar a rotina

É muito difícil uma organização ser bem-sucedida sem realizar um gerenciamento eficiente de seu estoque. Por essa razão, é fundamental saber controlar o ir e vir de produtos e conhecer boas ferramentas para gestão de estoque, para diminuir as perdas e elevar os ganhos.

Dessa forma, se o empreendedor deseja continuar lucrando e manter-se competitivo, é preciso conhecer e usar o máximo possível de estratégias, técnicas e ferramentas para otimizar a gestão de estoque. Isso porque elas auxiliam na redução de gastos e potencializam a rentabilidade.

Então, continue e a leitura e conheça 3 ferramentas para gestão de estoque para agilizar a rotina!

1. Código de Barras

O código de barras é uma tecnologia essencial para fazer a identificação dos produtos do seu estoque. Com ele é possível gerar informações a respeito do produto, as quais poderão ser avaliadas por diversos negócios na cadeia comercial, revelando características dos lotes e sua rotatividade no mercado.

Assim, ter acesso eletrônico aos dados detalhados sobre a mercadoria em seu estoque por meio de código de barras contribui para a redução de gastos logísticos. Com o código de barras você utiliza um dispositivo coletor de dados para realizar a contagem, informatizando e automatizando o processo que era efetuado por meio de planilhas e trabalho manual na descrição do produto.

2. ERP

O ERP é um sistema corporativo que tem a finalidade de integrar os processos e administrar as informações de uma organização. Assim, com ele o gestor é capaz calcular em tempo real cada característica operacional do empreendimento, o que proporciona, no dia a dia, especialmente, mais rapidez e agilidade no gerenciamento das mercadorias.

Inclusive, existem instituições que oferecem módulos ERP especialmente para uma boa administração de estoque.

Nesse contexto, é necessário frisar que esses módulos apresentam acesso ao banco de dados da empresa, no qual constam as informações sobre os itens disponíveis em estoque — o que é ideal para que a demanda seja sempre atendida, garantindo que não falte mercadorias e evitando gastos desnecessários.

Dessa maneira, dados relacionados ao histórico de compras de determinado item, época de maior venda e outros indicadores demonstrados pelo sistema ajudam tanto no planejamento estratégico de sua empresa quanto na administração de seu estoque.

Além do mais, etapas de conferência, inventários e até mesmo de auditoria têm vantagens com o uso de um ERP, visto que a avaliação diária da movimentação e do fluxo de caixa que esse modelo de ferramenta proporciona resguardará sua empresa de despesas desnecessárias.

3. Just in time

Essa estratégia de gerenciamento de produtos surgiu na Toyota e foi elaborada entre os anos de 1960 e 1970. Esse período fez com que o Japão se recuperasse economicamente após a segunda Guerra Mundial — logo, foi preciso racionalizar recursos e diminuir o desperdício de materiais.

Então, just in time está relacionado a toda a fase de abastecimento, já que estabelece que a reposição de materiais precisa ocorrer apenas quando realmente necessária. Essa estratégia diminui o acúmulo de produtos parados e reduz os gastos para que sejam mantidos nas prateleiras ou depósitos.

Portanto, é necessário que o empreendedor atente às ferramentas para gestão de estoque para conseguir bons resultados em sua empresa e, consequentemente, elevar seus lucros, pois os índices de perdas e desperdícios serão reduzidos de forma significativa.

Se você gostou do nosso post, assine a nossa newsletter para receber excelentes conteúdos como este!

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente:

  • Av. Paulista, 2313
    Bela Vista - São Paulo
    Cep: 01311-934
  • (11) 9 7551.8030

Baixe o app:

Fechar Menu