Inovação no varejo: 4 tendências para manter seu negócio atualizado

Inovação no varejo: 4 tendências para manter seu negócio atualizado

Caso você tenha um empreendimento comercial, é preciso ficar atento às novas tendências de inovação no varejo. O investidor precisa estar sempre de acordo com aquilo que é valorizado pelos consumidores e pelo mercado para a realização de mais vendas e a conquista de novos clientes.

Nesse sentido, é importante destacar que o ano de 2019 está sendo muito desafiador, pois o país tenta recuperar sua economia muito debilitada nos últimos anos. Por essa razão, os varejistas de todo o Brasil precisam ficar atentos às principais tendências em sua área de atuação para usufruir as vantagens em seus mercados e assim aproveitar as oportunidades e se diferenciar dos concorrentes no próximo ano.

Continue a leitura e conheça 4 tendências para manter o seu negócio atualizado!

1. Intervenções tecnológicas

É necessário destacar que a tecnologia faz parte do dia dia de milhares de pessoas e já não somos capazes de separar a realidade física da virtual. É por esse motivo que o comércio varejista necessita da intervenção tecnológica em seus processos.

Por exemplo, uma loja de móveis pode ter um software em que os principais consumidores consigam fazer combinações com as peças vendidas online. Dessa forma, caso os adquira, ele perceberão, na prática, como os itens ficarão dispostos em sua residência.

2. Customização de mercadorias

É essencial que os empreendedores consigam oferecer opções de objetos personalizados para os consumidores. Por exemplo, em uma doceria, em vez de proporcionar uma caixa de bombons com qualquer sabor, você pode deixar que o cliente selecione aqueles que são mais agradáveis ao seu gosto

Ações como essa reduzem os descontentamentos. Utilizando ainda o exemplo anterior, não “obriga” o consumidor a comprar, por exemplo, um chocolate com recheio morango e outro com maracujá, pois pode ser que ele não queira nenhum dos sabores propostos.

3. Consumidores mais conectados

Diversas pesquisas realizadas no país indicam que o Brasil já tem mais de um smartphone ativo por habitante. Isso quer dizer que muitas pessoas estão conectadas e ligadas nas novidades presentes no mercado.

Assim, é importante que o varejista conheça essa nova realidade de inovação no varejo como uma chance de aperfeiçoar a comunicação com os seus consumidores. Isso pode ser realizado por meio das redes sociais de estratégias de propaganda de conteúdo, com o envio de e-mail marketing e newsletter.

4. Valorização dos ambientes físicos

Mesmo que o comércio online tenha ganhado um elevado destaque nas últimas décadas, os estabelecimentos físicos seguem sendo muito importante. Entretanto, é necessário que os empreendedores apresentem uma visão diferenciada para esses ambientes.

O interessante é que as empresas físicas passem a funcionar mais como um ambiente de experimentação do que como um ponto de vendas. Por exemplo, um comprador pode entrar em uma loja de roupas e provar algumas peças. Passado algum tempo, ele decide finalizar a compra pelo site da loja. Assim, é preciso que o e-commerce e as lojas físicas estejam de acordo, ou seja, um precisa ser o complemento do outro.

Portanto, é importante prestar atenção nas principais inovações no varejo, pois se você conseguir colocar elas em práticas no seu empreendimento, sua rentabilidade poderá aumentar e, além do mais, conseguirá fidelizar mais clientes para sua loja. Dessa forma, colocar em prática essas boas ações, podem garantir o sucesso de sua loja.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para ler outro artigo sobre a máquina de cartão de crédito para microempresários! 

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: