Negócios em família: como separar o relacionamento pessoal e o profissional?

Negócios em família: como separar o relacionamento pessoal e o profissional?

Do mesmo modo que famílias são o principal ponto de união que uma pessoa tem, desentendimentos são comuns, mesmo entre indivíduos tão próximos e que compartilham laços de uma vida toda.

Contudo, quando a situação toda envolve também negócios em família, questões pessoais entre parentes podem comprometer o desempenho profissional e o andamento da empresa. Por isso, é necessário separar bem essas duas esferas para que uma não interfira na outra de forma indevida. Confira alguns passos indispensáveis para fazer isso da maneira correta.

Tenha regras claras

Em qualquer empresa, um desentendimento entre os colaboradores, independentemente do nível hierárquico deles, pode trazer graves consequências para o andamento das atividades.

Porém, quando esses problemas são consequência de conflitos gerados dentro da família que administra o negócio, a resolução pode ser ainda mais complexa, já que estarão envolvidos diversos sentimentos além dos meramente profissionais.

Por isso, melhor que buscar uma solução para os conflitos, o ideal é determinar formas de evitá-los. Assim, toda empresa familiar deve contar com regras bem claras, que delimitam quais são os cargos e funções ocupados por cada um dos membros, delimitando as obrigações e listando os postos de liderança.

Mantenha o controle financeiro

Outro ponto que deve estar bastante claro diz respeito a quanto cada integrante da família receberá como remuneração por sua participação no negócio. Esse cuidado faz parte do controle financeiro que toda empresa deve ter, mas que precisa se redobrado quando o controle do negócio é de responsabilidade familiar.

Não ter controle sobre quanto cada parente recebe a partir dos resultados da empresa é, inclusive, um motivo frequente de desentendimentos. Outros pontos que envolvem questões financeiras e merecem o mesmo cuidado são a separação das contas profissionais e pessoais, e a adoção de um software de gestão para agilizar tais processos com o auxílio da tecnologia.

Dialogue sempre

Não é só a falta de organização e de controle financeiro que causa problemas. Muitas vezes eles são gerados por falhas na comunicação. Ter canais de diálogo sempre abertos permitem que questões em aberto sejam discutidas antes que se transformem efetivamente em problemas ao ter negócios em família.

O fato dos membros da empresa pertencerem à mesma família pode, em parte, facilitar essa comunicação. Ao mesmo tempo, pode prejudicá-la, já que é comum pessoas evitarem expor o que está acontecendo para não desagradar o outro, o que inevitavelmente piora o problema a ser encarado.

Procure ajuda externa

Ainda sim, nem sempre será possível resolver os problemas que aparecerem apenas por meio da conversa entre os membros da família. Nesses momentos, contar com uma visão externa é fundamental.

Ela pode vir tantos de outros colabores que não estejam relacionados ao núcleo familiar que comanda a empresa ou até mesmo de profissionais contratados justamente com a função de resolver conflitos, o que dependerá do tamanho do negócio e da dimensão dos problemas a serem solucionados.

De todo modo, seja tentando evitar conflitos, seja procurando resolver aqueles que surgirem, o sucesso de negócio em família passa pelo bom relacionamento pessoal, com cada integrante tendo consciência das suas obrigações e disposto ao diálogo em busca do melhor para a empresa e para as relações familiares.

Saber fazer escolhas também é importante para ter sucesso nos negócios em família. Então confira também quais são as etapas fundamentais para não errar nas tomadas de decisões!

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente:

  • Av. Paulista, 2313
    Bela Vista - São Paulo
    Cep: 01311-934
  • (11) 9 7551.8030

Baixe o app:

Fechar Menu