Pequenos negócios e coronavírus: como lidar com essa fase?

Pequenos negócios e coronavírus: como lidar com essa fase?

Quando o primeiro caso do coronavírus apareceu na cidade de Wuhan, na China, em dezembro do ano passado, ninguém imaginava que, meses depois, o mundo estivesse enfrentando uma pandemia.

Contudo, além

da preocupação com a saúde das pessoas, os pequenos negócios serão os mais afetados durante esse período. Além de quase nenhum movimento, eles precisarão lidar com a perda dos ganhos. 

Por isso, encontrar medidas para minimizar os efeitos desse momento é fundamental para a inovação no varejo e a sobrevivência das empresas. Aqui, vamos apresentar algumas soluções para esse período atípico. Entenda!

Quais são os problemas enfrentados pelos pequenos negócios?

Todos os tipos de empresas enfrentarão alguma consequência por causa do coronavírus. Porém, pequenas e médias empresas sofrerão um impacto maior, sobretudo aquelas que dependem da circulação e da aglomeração de pessoas.

Sendo assim, uma das áreas principais afetadas será a financeira, especificamente com problemas de caixa, já que a população circulará menos para evitar a propagação do vírus. Isso trará a diminuição do consumo e a queda do que as empresas recebiam. 

O que fazer para não ser tão impactado pela crise do coronavírus?

Neste tópico, separamos algumas das medidas que podem ajudar a minimizar as consequências para o seu negócio neste momento. Entenda!

Reavalie seus custos

Para o problema de caixa que surgirá com essa crise, essa é uma medida muito importante. A ideia é tentar equilibrar-se ao máximo, reforçando as receitas e reduzindo os custos. Sendo assim, será necessária uma reavaliação dos custos. Se a empresa não tinha o hábito de anotar as despesas e os rendimentos, agora é a hora de fazer isso. Saber os valores será fundamental para manter o negócio em operação.  

Considere o delivery

Com as novas medidas de isolamento social impostas pelos órgãos públicos, comércios, em sua maioria, ficarão fechados. Não resta outra escolha se não utilizar o delivery para continuar atendendo. Nesse sentido, não há por que ter resistência em relação às taxas cobradas por essas empresas.

Entretanto, uma boa estratégia é aproveitar essa alternativa para divulgar o seu negócio, entregando cupons ou folhetos com seus dados para contato, e encorajar vendas diretas. Outra possibilidade é o vendedor aproveitar a aproximação com sua vizinhança e fechar algumas entregas durante esse período por meio de grupos de WhatsApp, por exemplo.

Saiba que, inclusive, empresas de delivery como iFood estão criando um fundo para ajudar restaurantes e entregadores nesse momento. 

Use suas mídias sociais

Uma vez que grande parcela da população ficará em casa, os pequenos negócios precisarão utilizar as ferramentas de divulgação disponíveis. Os meios digitais serão essenciais para conseguir chegar até o público.

Se não há um perfil da empresa na internet, este é o momento de investir nessa estratégia, criando redes sociais, potencializando o site e investindo em estratégias SEO (Search Engine Optimization).

Negocie com seus fornecedores

O faturamento não será mais do mesmo jeito durante o período de isolamento social em vigor. Será necessário conversar com os fornecedores sobre prazos de pagamentos. É indispensável antecipar-se sobre esse assunto para que a empresa consiga manter seus gastos em dia e não se afunde em dívidas.

Como o Tiquei vai ajudar os pequenos negócios?

Nós do Tiquei temos acompanhado com atenção a situação em que o país está por causa do coronavírus. Entendemos que agora é fundamental que todos contribuam para que essa situação passe com a menor quantidade de impacto possível.

Por isso, resolvemos liberar a gratuidade do nosso aplicativo para todos os usuários , a fim de apoiar a gestão financeira dos médios e dos pequenos negócios.

Além disso, também estamos trabalhando (em home office) na criação de outros materiais para trazer mais informação para você. Inclusive, deixamos neste vídeo uma mensagem de apoio aos pequenos empresários.

Então, conte conosco para facilitar os registros e os pagamentos de suas transações e taxas, agilizar esses processos e facilitar a visualização dos custos.

Ficou interessado em nossa iniciativa? O momento pede solidariedade entre empresas. Então, clique aqui e baixe agora o app da Tiquei!

Se junte ao universo Tiquei

#somosmulti #somostiquei

Baixe gratuitamente: